IEMA contrata serviço técnico para Identificação e Classificação de Condições Operacionais de Ônibus Urbanos

20/12/2016 - encerrado
TDR nº:07/2016 | Qualidade


O Instituto de Energia e Meio Ambiente seleciona serviço técnico para identificar e classificar as condições operacionais de ônibus urbanos em grandes cidades brasileiras. Para tanto, devem ser estudados os padrões físicos de circulação de ônibus a partir de dados de rastreamento via GPS, nas seguintes grandes cidades brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Brasília, Recife e Goiânia, visando:

  • Organizar os dados disponibilizados das cidades brasileiras citadas para atender aos objetivos propostos neste termo de referência, considerando: os dados disponíveis do rastreamento de ônibus via GPS, as informações sobre o sistema viário, pontos de parada, programação de linhas, topografia, etc.
  • Elaborar e documentar metodologia geral para identificar e especificar classes de condições operacionais do transporte público por ônibus. A metodologia geral deve, minimamente: (a) Computar fluxos de veículos, velocidades médias e dispersão de velocidades por trecho de via e tipo de veículo em função dos dados disponíveis, os quais devem ser também vinculados aos segmentos definidos entre dois pontos de parada; (b) Associar fluxos de veículos, velocidades médias e dispersão de velocidades a tipos de via relativamente ao grau de priorização da circulação dos ônibus no sistema viário (tráfego misto, faixa exclusiva, pista exclusiva ou via segregada) e ; (c) Associar fluxos de veículos, velocidades médias e dispersão de velocidades à aclividade/declividade do trecho viário.
  • Elaborar e documentar adaptações metodológicas particulares para a sua aplicação em cada cidade citada (e cada sistema de transporte público).
  • Gerar bases padronizadas de dados estáticos (pontos de parada, e segmentos viários) e dados dinâmicos (fluxos e velocidades)
  • Especificar os valores paramétricos que definem as classes de condições operacionais.
  • Identificar linhas de ônibus representativas, preferencialmente na cidade de São Paulo, das diversas condições operacionais observadas nas cidades estudadas, visando à realização, num trabalho posterior ao que se refere o presente termo de referência, do levantamento das condições operacionais de modo mais detalhado por meio da utilização de instrumentos de maior precisão.

Esta contratação está prevista no Programa “Mobilidade Urbana de Baixo Carbono em Grandes Cidades“, resultado dos compromissos assumidos no âmbito do Convênio do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), celebrado entre o  Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Ministério das Cidades e o Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA). O Programa tem como objetivo desenvolver ferramentas técnicas e conhecimento para o planejamento e implantação de mobilidade urbana sustentável, o que permitirá que os projetos de transporte das maiores cidades brasileiras levem em consideração, na sua elaboração, a redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE).

Esse termo de referência está associado ao desenvolvimento de ferramenta computacional para estimar a redução de emissões atmosféricas pela implantação de projetos de transporte público (ECarbono). O objetivo dessa ferramenta é auxiliar o Ministério das Cidades na avaliação de futuros investimentos em projetos de infraestrutura de transporte, quantificando a redução de emissões atmosféricas (poluentes tóxicos e gases de efeito estufa) em projetos de transporte público que aumentem a sua fluidez no tráfego ou alterem a composição da frota de veículos.

Os interessados deverão registrar-se (cadastrar login e a senha) para fazer o download dos documentos abaixo. Este cadastro prévio permite que o interessado acesse à área restrita todas as vezes que entrar no site do IEMA.

O prazo para apresentação das propostas é dia 20/01/2017, até às 9 horas.

Edital e Termo de Referência nº 07/2016,

Minuta do Contrato TR nº 07/2016,

Reunião para esclarecimentos técnicos,

Registro de esclarecimentos reunião realizada em 11/01/2017 - TR nº 07/2016,

Resultado de Habilitação - Processo nº 07/2016,

Comunicado de Classificação Final - Processo nº 07/2016,